cúrcuma com piperina

Saiba quais são os diversos benefícios do uso desses dois ativos combinados para a sua saúde 

O uso da cúrcuma como suplemento e medicamento está se difundindo nos últimos anos. É cada vez mais indicado pelos médicos o uso da cúrcuma com piperina.  Saiba tudo sobre esse complemento para a cúrcuma e seus benefícios! 

O que é a cúrcuma? 

A cúrcuma, ou açafrão-da-terra, é uma raiz, muito semelhante ao gengibre – mas só no formato, já que o sabor é diferenciado e a cor, também, já que tem uma tonalidade laranja forte. 

A cúrcuma é consumida principalmente como tempero da comida. Mas seu principal ativo, a curcumina, é um antioxidante muito potente.  

Por isso ela também vem sendo utilizada como suplemento e chá, por sua ação anti-inflamatória, antibacteriana, antiviral e antifúngica. Isso faz com que a cúrcuma seja muito utilizada na prevenção de doenças crônicas, contribuindo também para a imunidade. 

O que é a piperina? 

Assim como a curcumina é o ativo da cúrcuma, a piperina é o ativo da pimenta-do-reino, a pimenta preta.  

É isso mesmo, por trás de um dos principais temperos utilizados na culinária, está uma substância utilizada como medicamento e suplemento. 

A piperina é anti-inflamatória, antioxidante e é utilizada no combate ao emagrecimento. 

Cúrcuma com piperina: por que usar? 

Agora que você já sabe o que são esses ativos, é hora de entender porque eles funcionam juntos. 

A piperina atua na melhor absorção de nutrientes em geral, e isso funciona muito bem para a cúrcuma: a combinação com piperina pode aumentar até 20 vezes a absorção da curcumina. 

Isso acontece porque a cúrcuma, em si, não tem uma boa biodisponibilidade para o corpo. Dessa forma, combinada com a piperina, é possível garantir a eficiência desse ativo. 

Benefícios do uso de cúrcuma com piperina 

O consumo desses dois ativos combinados pode trazer diversos benefícios para a saúde, como: 

  • Combater inflamações – ambos são anti-inflamatórios poderosos; 
  • Reduzir dores – a cúrcuma atua como um analgésico natural; 
  • Combate ao câncer – a cúrcuma atua na diminuição de vasos sanguíneos onde as células cancerígenas podem se instalar; 
  • Prevenção e tratamento de Parkinson e Alzheimer – a cúrcuma tem efeitos neuroprotetores; 
  • Perda de peso – curcumina e piperina atuam na regulação da gordura corporal, bloqueando o crescimento de células de gordura. 

Como utilizar? 

Como os dois são temperos, uma forma mais básica de utilizar cúrcuma com piperina é na comida. Isso mesmo: tempere carnes e saladas com cúrcuma e pimenta-do-reino, e você já estará absorvendo as duas substâncias. 

No entanto, a melhor forma de garantir a eficiência desses dois ativos é com a suplementação. O Cúrcuma Duo da Doctor’s First é um suplemento alimentar pronto para consumir, que conta na fórmula com a curcumina e a piperina na proporção perfeita! 

Lembre-se de sempre consultar seu médico antes de começar a tomar qualquer suplemento. 

Gostou do conteúdo? Acesse o blog da Doctor’s First para ler mais sobre suplementos, alimentos e dicas para a sua saúde.